Dreams are renewable. No matter what our age or condition, there are still untapped possibilities within us and new beauty waiting to be born.

-Dale Turner-

terça-feira, 13 de julho de 2010

TomorrowIsMyTurn


“Tough some may reach for the stars, others will end behind bars. What the future has in store, no one ever knows before. Yet we would all like the right to find the key to success, that elusive ray of light that will lead to happiness”. [nina simone]

“Suddenly I see, Suddenly I see, this is what I wanna be. Suddenly I see, why the hell it means so much to me?” [KT Tunstall]


- Estou cansado, sabe?!
- Mas você nem foi hoje ao trabalho..
- Mas me cansei. Não te agüento mais.
- Você não pode ver-se livre de mim. Estamos mais ligados do que você pensa.
- Eu bem sei de nossa ligação, e é por isso que a interrupção não será gradual, sem dor. Será abrupta e dolorosa, que é como são todas as mudanças significativas.
- Eu não vi essa epifania vindo. Porque raios isso agora? Porque não te faço feliz?
- Mestres em potencial cansam de serem pupilos. Borboletas de serem lagartas, Cisnes de serem patinhos feios. Árvores de serem mudas. Homens de serem garotos e mulheres de serem meninas. Belos textos de serem palavras desconexas, Milagres de serem orações, Tornados de serem sopros, sinfonias de serem dó-ré-mi, grandes aventuras de serem idéias engraçadas. Assim eu também, por minha vez, cansei de ser você.
- O que te faz pensar que és melhor que eu? Que seria evolução e não vergonhoso retrocesso deixar de ser eu?
- Nada em especial, mas tenho que pensar assim para que as coisas ganhem algum sentido. Só sei que cansei de ti, do cara gente boa, mas de quem ninguém lembra. Cansei do bom rapaz, de quem todos esperam o melhor mas a quem não param de magoar. O bom rapaz não me faz mais feliz, ele não cansa de apanhar. E pra mim já não vale à pena.
- De fato, não deixas de ter razão. Tu cativas a todos e os retém em mãos. Consegues acalmá-los e eles sentem a tua falta. Tu realmente preenches cada canto e ocupas espaços dos quais não sou capaz.
- É, aprendi contigo a chamar as atenções pra mim, ao ver teu completo insucesso na tentativa. Aprendi ao te ver errar e errar.
- Ao menos te fui útil.
- É claro que foste. Sem ti não poderia ter amadurecido e valorizado tudo de bom o que tenho. Tudo o que sei agora, no entanto, é que hoje é a minha vez. Receber sem ter dado, glória sem suor. Nem dúvidas, nem medos. E o futuro? Me pertence. É, estou mesmo banindo humildades forçadas, é para ser feliz que cheguei aqui. Agora é outro verão, fica e arrepende-te sozinho do que não fizeste, porque o que passou não mais será. Isso tudo é o que eu sou, Não vou parar.
- Só cuidado, não vá atropelar alguém nessa corrida desenfreada.
- Levo algo de ti, não te preocupes. Não sei machucar ninguém, só que foi-se o tempo em que te arrancavam pequenos pedaços, cada qual causando-te uma pequena dor. Ninguém vai levar o que eu sou.
Aquela a conversa terminou. O belo rapaz, impressionantemente confiante, de fato chamava a atenção. Hoje encheria os olhos de todos que para ele olhassem, transpirava resolução, confiança. Era o que qualquer um quer. Ele terminou de se vestir, e deu um ultimo adeus ao rapaz triste e murcho que o olhava do outro lado do espelho, esperava jamais voltar a vê-lo. Apagou as luzes e deixou o quarto em que havia estado completamente só.

9 comentários:

Mariana disse...

Texto muito bom, mostra bem as reflexões que fazemos, as conversas que temos com nós mesmos,as decisões que são difíceis e são tomadas, gostei :)

Glenda Moreira disse...

Excelente texto. Escolhi como preferido no teu blog. Now is your turn.

Lucas disse...

lets hope it is! ^^ brigadão glenda e mari =*

Amanda Arrais disse...

Nem preciso dizer que é lindo, teus últimos textos todos tem me surpreendido.
Quem tem desejos grandes realmente nunca vai se contentar com o pequeno e é natural que no decorrer do tempo existam mudanças, todo mundo muda. O tempo fortalece sim.

Parabéns (e obrigada). =*

José Samuel de Melo Neto disse...

E o pior demônio de um homem continua sendo seu reflexo no espelho.

G. m. disse...

Gostei muito do texto, destes últimos ele realmente é meu preferido!!
As palavras são assustadoramente envolventes e eu me identifiquei facilmente com toda essa demonstração dos diálogos que são travados com nós mesmos quando há necessidade de mudanças!

Mudanças são realmente difíceis, mas mestres em potencial não devem continuar sempre como pupilos ...

Obrigada pela leitura prazerosa!! ^^

Camila L. disse...

uaaaaaaau, parabeens .. você é muito bom :D

Lucas disse...

brigaado! *.* mas eu sei que tu é muito boa tmb (;

Gabriella disse...

Mto bom...amo esses textos q supreendem no final...esperei uma briga de casal possessivo, se bem q ñ deixa de ser um casal, mais até: a multiplicidade de um ser. me lembra um verso, ñ sei se vc conhece: "iluminar o sol/eis o meu lema/ e o do sol!".